Quem pode participar do Ciências Sem Fronteiras?

O programa Ciência sem Fronteiras, criado em 2011, é uma ótima oportunidade para quem deseja estudar fora do País, mas não tem grana para arcar com todos os custos.

Esse programa é financiado pelo Governo Federal e oferece bolsas de estudo no exterior, para alunos de graduação, pós-graduação e de cursos superiores de tecnologia de instituições de ensino superior, públicas ou particulares de todo o país.

As bolsas disponibilizadas pelo programa são somente nas áreas de ciências exatas e biológicas, pois o objetivo é gerar a internacionalização da ciência, inovação e tecnologia do País, além de investir nos talentos dos estudantes acadêmicos do Brasil.

Quem pode participar?

Para participar do Ciências Sem Fronteiras é preciso que o candidato de graduação esteja matriculado em alguma instituição que tenha aderido ao Programa. Já os candidatos que estudam doutorado-sanduíche e doutorado pleno é preciso que sejam aceitos nas universidades estrangeiras em que pretendem estudar antes de se inscreverem no Programa.

Outro ponto exigido é que o candidato precisa ter completado no mínimo 20% e no máximo 90% do currículo previsto para o curso e possuir um excelente desempenho acadêmico.

Além disso, o estudante também deve estar matriculado em algum curso nas áreas prioritárias exigentes no Ciências Sem Fronteiras, ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) nos testes aplicados a partir de 2009 e ter tirado no mínimo 600 pontos. Por isso é fundamental que o candidato que deseja participar do programa se dedique e não perca as Inscrições ENEM 2019.

Quais os benefícios da bolsa?

O Ciências Sem Fronteiras garante aos estudantes mensalidade de bolsa, auxílio-instalação, auxílio material didático, passagens aéreas e seguro saúde que variam de acordo com a modalidade que o candidato cursa.

Além desses, o candidato também pode garantir outros benefícios mais específicos, como por exemplo, a inclusão de taxas escolares (se exigidas pela Instituição) e taxas de bancadas.

Quais cursos o programa permite?

Das Ciências exatas e biológicas, participam do programa os cursos de Ciências Exatas e da Terra; Computação e Tecnologias da Informação; Energias Renováveis; Engenharias e demais áreas tecnológicas; Biodiversidade e Bioprospecção; Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde; Biotecnologia; Ciências do Mar e Fármacos.

Além desses, os também fazem parte os cursos de Indústria Criativa (voltada a produtos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação); Nanotecnologia e Novos Materiais; Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva; Petróleo, Gás e Carvão Mineral; Produção Agrícola Sustentável; Tecnologia Aeroespacial; Tecnologia Mineral; Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais.

Para participar o estudante deve ficar atento às chamadas do Ciências Sem Fronteiras que são abertas e divulgadas no site do Programa.

Os editais, elaborados pelo CNPq e Capes, também são disponibilizados no site com todas as regras e requisitos detalhados, de acordo com a modalidade desejada.

336x280 cursos on

Reply